6 de mai de 2018

Atualização Patrimonial Abril 2018 - R$ 119.405,87



Bem,

Me desculpem por não ter postado minha atualização o mês passado e por postar apenas um gráfico nesta.

Como vou viajar a trabalho semana que vem, e estou bem cansado vou apenas colocar os valores para não perder minha vaga no ranking

10 de mar de 2018

Atualização Patrimonial Fevereiro 2018 - R$ 117.650,12

Boa pessoal.

Mas um mês se passou e muita coisa mudou. O começo deste ano, 2018, está muito diferente do ano passado, em todas as áreas, pessoais, financeiras e profissional. 

Na área profissional o ano começou bem "punk" (nem sei se esta gíria ainda existe), totalmente diferente do ano passado, onde tudo foi bem tranquilo e calmo. Neste ano, uma senhora de meia idade (uns 30 anos mas aparenta uns 40) me pediu ajuda para tocar seus projetos.

Eu gosto muito de conversar com ela, pois a mesma vem de família hype, onde o pai na terceira idade largou tudo e foi viajar pela América Latina, vendendo pulseirinhas e vivendo em comunidades hypes. A mesma é filósofa, socióloga e pedagoga, tem muito conhecimento humano e muito eloquente nos seus discursos. Eu já passei muitas horas conversando com ela sobre quase tudo, tenho muita empatia por ela. E quando ela me chamou para fazer parte dos seus projetos, eu aceitei, fiquei sem jeito de falar não e achei que seria muito bom trabalhar com ela.

Realmente é muito bom trabalhar com ela, possui muito empenho e dedicação no que faz, além de ser uma boa fonte de conhecimento. Eu tinha imaginado que aumentaria minha carga de trabalho, mas nunca como está acontecendo. Por ela ser uma pessoa muito carismática, comprometida e não consegue falar não para as supervisoras e gestoras, praticamente mais da metade da demanda da superintendência está nas nossas costas.

Sério, está insuportável, eu tenho inúmeros grupos de trabalho no whatsapp, minha caixa de e-mail é sempre lotada de informação e demanda de trabalho, eu recebo em média uns 20 a 25 e-mails por dia, mensagem pelo whatsapps nem dá para contar.


Eu virei funcionário público foi para ter mordomia e não para trabalhar duro

Está foda! Chego na repartição, vejo todas aquelas mulheres rindo e conversando lorotas sobre a vida alheia, e eu agora não tenho mais tempo para estudar e ler no trabalho, como fiz no ano de 2017. Eu fico extremamente irritado ao olhar pro lado e ver as senhoras de meia idade todas de boa, batendo papo. E eu e minha parceira só ralando, indo a campo e carregando toda a demanda nas costas.

Faz duas semanas que estou tentando convencer minha parceira a largar pelo menos uns 3 a 4 projetos, mas ela é muito comprometida e morre de medo de haver retaliação da gestão, por causa do estágio probatório e tal. E como foi eu que dei minha palavra para ela, que iria ajudá-la e fazer dupla com a mesma, tenho que honrar minhas calças e arregaçar as mangas.

Resumo Financeiro


Neste mês, continuei minhas aventuras pelo mundo das criptos, claro, de maneira comedida e com muito estudo, isso é mais bonito do que falar que sou um cagão medroso. Desta vez, quem entrou na carteira foi a moeda ETHOS (BQX).

Realizei a compra de 24,2 BQX a um preço de 0,0004 BTC.

Apanhei um bocado para realizar a operação, esta foi a segunda vez que realizo alguma operação com criptomoedas. A primeira foi o mês passado, quando comprei biticoin. Realizei todo o processo no Mercado Biticoin, como era uma plataforma toda em português, foi até fácil realizar o processo, a única coisa que deixa a gente bem estressado é a demora para realizar as transações. Mesmo usando pouco valor financeiro, eu fiquei bem assustado com a demora para concluir a transação de bitcoin.

Nesta segunda vez, fiz um processo bem mais complicado: (1) comprei bitcoin na Foxbit, e foi a mesma demora o que me deixa sempre apreensivo, (2) transferi meus bitcoins para meu aplicativo carteira, (3) transferi meus bitcoins para o Hitbtc, apanhei por quase uma hora até descobri que dentro do próprio Hitbtc eu tinha que realizar uma transferência para minha conta trade, isso foi tenso e escroto, por cargas d'água eu tenho de ter duas carteiras públicas dentro desta plataforma? (4) comprei os malditos BQX.

Eu queria mesmo era investir nas empresas que mineram essas moedas, alguém aí sabe se no Brasil possui alguma listada em bolsa?


A outra operação foi uma compra normal de BVMF3. Podem falar o que quiser, mas eu ainda me sinto muito mais seguro e tranquilo fazendo as compras de ações do que as criptomoedas. Mas vamos que vamos, acho que é porque eu sou velho e tenho muito o que aprender sobre as criptos.

Minha carteira atual está deste jeito:




www.arquivos-virtuais.blogpost.com



19 de fev de 2018

Pilula Vermelha - Blaise Pascal - Part I

Probabilidades??!!!


Estava eu há pouco tempo atrás, bom na verdade ainda estou, estudando algo sobre probabilidades matemáticas, e encontrei um dos mais, se não o mais importante matemático que começou a escrever sobre o tema. Blaise Pascal

Antes dele, o campo probabilidade da matemática, nunca havia sido levado a sério pelos matemáticos da época, pois segundo a crença da época, o destino era escrito por Deus e não havia nada que pudêssemos fazer a respeito. 

Os matemáticos e filósofos antes dele, se concentravam em áreas mais "nobres", como geometria, trigonometria, etc. 

No entanto, o ramo da probabilidade não passou despercebido pelos homens da época e antes do tempo de Pascal, tendo Cardano como o primeiro a fazer "registros" sobre o tema. Cardano era médico e matemático, mas sobreviveu e fez fortuna através de seu conhecimento sobre os jogos de azar. 

Cardano foi o primeiro homem que se tem registro, a criar a teoria de espaço amostral, e assim ele conseguia calcular a probabilidade em lançamentos de dados, moedas, etc. E usou-a a seu favor, ganhando dinheiro o suficiente para que ele pudesse pagar os estudos em medicina e matemática. Como ele mesmo escreveu na sua bibliografia: "...Fui forçado a apostar novamente nos dados para poder sustentar minha esposa; e com isso, meu conhecimento venceu o azar, e conseguimos comprar comida e viver, embora nossa situação fosse deplorável..."

Não se sabe bem o motivo, mas Cardano, apesar de ter publicado livros e teses nas áreas de medicina e matemática, nunca publicou suas descobertas sobre o ramo da probabilidade, no seu manuscrito intitulado "O livro dos jogos de Azar". Não se sabe se era porque ele não queria que ninguém mais tivesse a "sorte" que ele teve nos jogos, ou se havia um conflito interno, entre suas crenças religiosas e seu conhecimento sobre quantas vezes é possível acertar em uma jogada de dados ou lançamento de moedas. 

Um detalhe interessante que gostaria de salientar, é que o ramo da probabilidade é o ramo da matemática que mais se comete erros. É extremamente comum, ainda nos dias atuais, excelentes matemáticos cometerem os mais diversos erros sobre probabilidades matemáticas, quando aplicadas as atividades cotidianas e em teses acadêmicas.

Ainda hoje, os jogadores são os maiores detentores dos conceitos sobre probabilidade e esperança matemática. Faça uma pergunta envolvendo cálculos de probabilidades a um jogador de pôquer e a mesma um matemático, veja quem irá ter a resposta na ponta da língua. 

Agora vamos ao nosso matemático


Bibliografia 


Fonte: wikipédia
Pascal nasceu em junho de 1623 em Clermont-Ferrand, pouco mais de 400km ao sul de Paris. Reconhecendo as virtudes do filho, e tendo se mudado para Paris, o pai de Blaise o levou, aos 13 anos, a um grupo de discussão recém-fundado na cidade, chamado por seus integrantes de Académie Mersenne, em homenagem ao monge de túnicas negras que o fundara. Na sociedade de Mersenne estavam o filósofo-matemático René Descartes e o gênio matemático amador Pierre de Fermat. A estranha mistura de pensadores brilhantes e grandes egos, com a presença de Mersenne para mexer o caldeirão, deve ter influenciado fortemente o adolescente Pascal, que formou laços pessoais com Fermat e Descartes e ganhou bastante familiaridade com o novo método científico. “Que todos os discípulos de Aristóteles”, ele teria escrito, “reconheçam que o experimento é o verdadeiro mestre a ser seguido na física.”

O talento precoce para as ciências físicas levou a família a Paris, onde ele se consagrou ao estudo da matemática. Acompanhou o pai quando este foi transferido para Rouen e lá realizou as primeiras pesquisas no campo da Física. Suas experiências sobre sons resultaram em um pequeno tratado (1634). No ano seguinte chega à dedução de 32 proposições de geometria estabelecidas por Euclides. Publica Essay pour les coniques(1640), obra na qual está formulado o célebre teorema de Pascal.

Blaise Pascal contribuiu decisivamente para a criação de dois novos ramos da matemática: a Geometria Projetiva e a Teoria das probabilidades. Em Física, estudou a mecânica dos fluidos, e esclareceu os conceitos de pressão e vácuo, ampliando o trabalho de Evangelista Torricelli. É ainda o autor de uma das primeiras calculadoras mecânicas, a Pascaline, e de estudos sobre o método científico.

Como matemático, interessou-se pelo cálculo infinitesimal, pelas sequências, tendo enunciado o princípio da recorrência matemática. O cálculo diferencial e integral de Newton e Leibniz que seria a base da física clássica foi inspirado em um tratado publicado por Blaise Pascal sobre os senos num quadrante de um círculo onde buscou a integração da função seno, que também viria a ser a base da matemática moderna.[3] Criou um tipo de máquina de calcular que chamou de La pascaline (1642), uma das primeiras calculadoras mecânicas que se conhece, conservada no Museu de Artes e Ofícios de Paris.[4] Anders Hald escreveu: "Para aliviar o trabalho do seu pai como agente fiscal, Pascal inventou uma máquina de calcular para adição e subtração assegurando sua construção e venda." Seguindo o programa de Galileu e Torricelli, refutou o conceito de "horror ao vazio". Os seus resultados geraram numerosas controvérsias entre os aristotélicos tradicionais.[5]

De volta a Paris (1647), influenciado pelas experiências de Torricelli, enunciou os primeiros trabalhos sobre o vácuo e demonstrou as variações da pressão atmosférica. A partir de então, desenvolveu extensivas pesquisas utilizando sifões, seringas, foles e tubos de vários tamanhos e formas e com líquidos como águamercúrioóleovinho, ar, etc., no vácuo e sob pressão atmosférica.

O Legado ???


Em honra de suas contribuições científicas, o nome Pascal foi dado à unidade SI de pressão, a uma linguagem de programação, à lei de Pascal (um importante princípio da hidrostática), e o triângulo de Pascal e a aposta de Pascal ainda levam o seu nome.
O desenvolvimento de Pascal da teoria da probabilidade foi a sua contribuição mais influente para a matemática.[11]Originalmente aplicada ao jogo de azar, hoje é extremamente importante na economia, especialmente na ciência atuarial. John Ross escreveu: "A teoria das probabilidades e as descobertas após essa mudaram a nossa forma de encarar a incerteza, risco, tomada de decisão, e a capacidade de um indivíduo ou da sociedade de influenciar o curso dos eventos futuros."[12] No entanto, deve notar-se que Pascal e Fermat, embora fazendo um trabalho inicial importante na teoria das probabilidades, não desenvolveram o campo muito mais longe. Christiaan Huygens, aprendendo do tema a partir da correspondência de Pascal e Fermat, escreveu o primeiro livro sobre o assunto. Mais tarde, pessoas que continuaram o desenvolvimento da teoria incluem Abraham de Moivre e Pierre-Simon Laplace.

Na literatura, Pascal é considerado um dos autores mais importantes do período clássico francês e é lido hoje como um dos maiores mestres da prosa francesa. Seu uso da sátira e do humor influenciou polemistas posteriores. O conteúdo de sua obra literária é mais lembrado por sua forte oposição ao racionalismo de René Descartes e a afirmação simultânea que a principal filosofia de compensação, o empirismo, também era insuficiente para determinar verdades importantes.

Na França, prestigiosos prêmios anuais, cadeiras de pesquisa Blaise Pascal são dadas a prominentes cientistas internacionais para realizar a sua investigação na região de Ile de France.[13] Uma das universidades de Clermont-Ferrand, França - Universidade Blaise Pascal - é nomeada em sua homenagem.

O GRANDE LEGADO OCULTO


Depois de lermos o resumo da bibliografia de Pascal, boa parte dela pode ser encontrada na Wikipédia, eu gostaria que refletisse sobre algo em especial, espero que seja sincero em sua reflexão.

Vocês hão de concordar comigo, que Pascal foi um ser humano incrível, cujas as suas descobertas influenciam nossa sociedade até hoje, ou será que há alguém em sã consciência é capaz de argumentar contra esta afirmativa?

Os seus trabalhos e teses matemáticas estão aí, e são base de estudos para muita coisa, até em linguagem de programação de hoje, há homenagem para este incrível ser humano que viveu apenas até seus 39 anos. Eu tenho 31, e quem me dera ter produzido algo em torno de 1 milésimo de importância como Pascal produziu. 

Agora lhe pergunto, e você, quantos anos tem? Qual sua obra mais importante já realizada na sua vida? Ela se aproxima da mesma inovação, criação e influência das obras de Pascal?

Concordando com as afirmações acima, vamos para outras reflexões:

Por que algumas obras de Pascal são idolatradas e homenageadas por toda humanidade, enquanto outras são ridicularizadas e esquecidas? Essas pessoas possuem o mesmo brilho, inteligência e competência de Pascal, para ridicularizar suas obras? Sendo que o próprio Pascal, ao imergir em novas áreas de conhecimento escreveu:

"Mal consigo me lembrar de que existe algo como a geometria. Vejo-a como algo tão inútil... É bem possível que eu jamais pense nela novamente."

Em 1662, poucos dias após a morte Pascal, uma criada notou uma saliência curiosa num de seus casacos. Ela abriu o forro da vestimenta e encontrou, escondidas em seu interior, folhas dobradas de pergaminho de papel. Pascal aparentemente as carregava consigo diariamente, pelos últimos oito anos de sua vida....

O que será que havia nestes manuscritos de tão importante, para um ser humano como este os carregar consigo o tempo todo e para todos os lugares?

Será que um ser humano com a minha ou a sua capacidade mental caro leitor, seria capaz de contradizer o que um ser humano com sua capacidade intelectual, homenageada e idolatrada  por mais de 400 anos, com trabalhos científicos e acadêmicos que são usados até os dias de hoje, poderia eu ou você, argumentar e contradizer tal ser humano? Poderia eu ou você ser mais inteligente que Pascal?

Por que, o que Pascal considera de maior importância para sua vida e obra, não é discutida, falada e apresentada para a humanidade? Por que apenas algumas obras, que o próprio autor considera inútil comparada a sua última e mais importante obra, são homenageadas e idolatradas? 

Seria como dizer que Steve Jobs, Bill Gates, Stephen Hawking, Elon Musk, se tornassem mais burros que um asno, da noite pro dia.

E você caro leitor, já ouviu ou leu os fragmentos não destruídos das últimas obras de Pascal?




www.arquivos-virtuais.blogpost.com







9 de fev de 2018

Atualização Patrimonial Janeiro 2018 - R$ 111.922,41



Não, eu não morri ou desisti de buscar uma vida melhor, de ser menos escravo. Apenas passei um tempo encasulado e alienado.

Pela primeira vez, desde que comecei a trabalhar (6 anos), tirei férias no fim de ano, mas precisamente no fim de Dezembro indo até meados de Janeiro. Todo mundo briga por ter férias nesta época, resolvi entrar na onda e ver se este é mesmo o melhor período para se tirar férias.

Devo abaixar a cabeça e concordar que é muito bom tirar férias neste período, é o alinhamento dos astros da humanidade, muita gente de bom humor, fácil de encontrar amigos e familiares na mesma situação tua, todos com um pouco de tempo para dedicar a si mesmos e aproveitar um pouco a vida, este presente que temos e que não conseguimos aproveitá-lo por causa de um povo.

Não fui para praia, não viajei pro exterior, não fui em festas tops, aliás, não fui em festa alguma, tudo é muito caro. Mas mesmo assim, foram ótimas férias. 

Aprendi e me foi revelado muita coisa nessas férias. Meu irmão mais velho é um teólogo militante há vários e vários anos, o que lhe rendeu o apelido de pastor, há tempos tenta me convencer de um criador e um messias. Fiquei 20 dias na casa dele, destes, 15 foi relacionado ao estudo de sua crença. Dedicamos cerca de 8 a 10 horas por dia nessa empreitada, e acredito que desta vez ele conseguiu ou chegou bem perto de conseguir me converter.

Já faz mais de mês que passei por esta sessão de conversão, ou como ele gosta de chamar, de tomar a pílula azul para sair da matrix. Com certeza eu não estou mais tão envolvido na causa como eu estava naqueles dias, mas com certeza não tenho mais a convicção de que não seja possível existir um criador. É extremamente plausível, cientificamente e historicamente que ele existe e não consigo encontrar algo que seja testado cientificamente que prove o contrário.

Gostaria muito de poder contar claramente o que eu aprendi nestes dias, mas não posso. O conhecimento que aprendi, em todo o ocidente é proibido por lei de ser comentado. Se eu o fizer, vou ser preso.... .... está na constituição... ... ... de todos os países do ocidente.

É aterrorizante saber disso! é aterrorizante saber até onde nossos grilhões vão. Eu choro de tristeza e de temor por tudo e todos. É verdade isso que eu escrevi, acontece com muita frequência agora.

Porém como todos que conheceram ou conhecem a verdade sobre nossa escravidão e nossos olhos vendados, eu não posso ficar em silêncio. Porém para preservar minha liberdade e vida, farei como todos, escreverei nas entrelinhas a verdadeira história da humanidade, esta que é proibida por Lei, em todos os países de Ocidente em ser contada, e quem ousou fazer, foi preso, morto ou ostracionado.

Uma das formas de se revelar a verdade que não pode ser revelada é através de símbolos. 
As minhas postagens de agora em diante sempre os terão, seja em imagens, seja nas entrelinhas dos texto, usando frases de grandes figuras históricas que nos revelou toda a verdade, usando essas mesmas táticas.

No mundo moderno, há várias pessoas que têm conhecimento sobre o tema, alguns em níveis superficiais, outros que foram enganados no meio do caminho, e os mestres. 

Os símbolos estão presentes em toda criação que o homem faz, filmes, obras, esculturas, construções, etc. O que precisamos é entender o que eles querem dizer.


Resumo Financeiro


Antes quero pedir desculpas ao Meste dos Centavos, por não ter atualizado há tempo de participar do ranking de Dezembro. 

Passei o mês de Dezembro e Janeiro totalmente desligado das finanças pessoais e mundiais. Fiquei totalmente alheio a tudo isso por dois motivos: (1) O que citei acima, férias e imersão teólogo, (2) pela tristeza de sido engando pelo neobux.

Encerrei dois investimentos da minha carteira, o neobux com um prejuízo gigantesco, e o resgate do Tesouro Fixo 2018, com um lucro moderado. 

Em resumo, comecei 2018 com ... .... .... R$ 20.000,00 (vinte mil reais) mais pobre.

Trades encerrados

No mês de Janeiro tive mais duas novas alterações na carteira, sendo então 4 no total. O neobux que encerrei com prejuízo de -8%. O Tesouro Direto Fixo 2018 que teve seu vencimento, me gerando um retorno de 31,53% em três anos, o que não foi nada mal.

Teve também a estréia de dois novos ativos, cada qual com seu embasamento e aposta em cenários distintos que possa vir à acontecer, uma aposta de risco extremo e a outra de segurança extrema.

O primeiro ativo é o bitcoin, a febre de 2017. Sei que entrei muito tarde no ativo, e não entendo nada do assunto. Perdi o bonde e a chance de ganhar uma boa grana, mas como todos da finansfera estão com estas criptomoedas na carteira, por que eu também não hei de tê-las? Só há dois caminhos para elas, ou não valem nada e perco tudo, ou salvo boa parte do meu patrimônio por meio delas.

O segundo ativo é mais clássico e se trata da SLCE3. Resolvi apostar em terras agrícolas, fazendas, que segundo a literatura americana, é o melhor ativo em tempos de crise para se ter, juntamente com o ouro. Não espero valorização aqui, só preservação de capital mesmo. Na verdade, não gosto muito de nenhum destes dois novos ativos, pois nenhum deles gera renda passiva (dividendos + proventos).

A minha carteira atual, e minhas apostas para melhor de vida são:

Carteira atual

Em 2017 eu havia conseguido três recordes:
  • Melhor ano em termos de rentabilidade histórica da carteira;
  • Record de proventos recebidos: R$ 11.035,48;
  • Record de valorização patrimonial: R$ 131.198,17

Será que conseguirei quebrar estes valore em 2018 ?


www.arquivos-virtuais.blogspot.com